Microchip: uma importante proteção para seu pet

A implantação de microchips em animais de estimação ainda não é um assunto popular no Brasil. Apesar de já comum em alguns países ao redor do mundo, a tecnologia ainda levanta dúvidas aos tutores brasileiros: será que vale a pena?

Ao contrário do que muitos acreditam, o microchip não funciona como GPS, ou seja, caso o cão ou gato se perca, não é possível acessar algum aplicativo e visualizar em tempo real a localização do bichinho. Apesar disso, a tecnologia é muito útil em caso de fuga e pode ajudar o tutor a encontrar seu amigo de quatro patas perdido.

Ao implantar o microchip no animal, o veterinário responsável faz um cadastro para ele em um site. Ali constam os dados do tutor e contatos para emergências. Desta forma, se o bichinho ‘microchipado’ se perder e for resgatado, é possível levá-lo ao veterinário e descobrir o nome e o telefone de seu dono, facilitando o reencontro entre eles.

Em comparação ao uso de coleiras com contato dos tutores, a implementação do microchip se faz mais segura: em caso de fuga, muitas vezes o cachorro ou gato perde a identificação presa ao pescoço, dificultando e diminuindo a chance de quem o resgatou devolver ao dono.

Além disso, o microchip serve também como uma base de dados da saúde do animal. No cadastro é possível registrar o histórico de doenças, a raça, a idade, procedimentos médicos já realizados, e, em caso de animais de raça, registra-se até mesmo o pedigree, ajudando a impedir a falsificação de informações.

Muitos tutores têm receio de fazer o bichinho passar pelo procedimento, mas, ao contrário do que se pode imaginar, a implantação gera apenas um desconforto, similar à aplicação de uma vacina. O microchip é inserido como uma medicação, de forma subcutânea e rápida. Qualquer bichinho saudável pode receber o chip, a partir de um mês e meio ou dois meses de vida.

A boa notícia é que para clientes My Pet, a colocação do microchip está inclusa na mensalidade. Caso queira manter as informações do seu bichinho em segurança, entre em contato com nossa equipe e solicite a implantação em seu pet.

Mais Notícias

Fique atento à saúde do seu pet durante o inverno

Leia mais

Informações por telefone e primeiros-socorros podem ajudar a salvar o seu pet

Leia mais

My Pet e DrogaVet: uma parceria pelo bem-estar animal

Leia mais